CONTINUAR A COMPRAR

O seu carrinho está vazio

PORTES GRATUITOS

Em Portugal Continental, para mais de 50eur (-5kg)

ENCOMENDAS EM 24h

Em Portugal Continental, para encomendas até ás 15h

OTITE NO VERÃO? 'ISSO É QUE NÃO!'

As idas à praia, mergulhos nas piscinas e brincadeiras na água, muitas vezes estão acompanhadas de um grande inconveniente – as otites!

As otites são um processo inflamatório/infecioso do ouvido, frequentemente causadas por vírus ou bactérias, caracterizadas por dor, irritabilidade, e por vezes febre e secreções, que podem também estar presentes no nariz. O processo inflamatório provoca uma acumulação de secreções, dificultando a sua drenagem a nível das trompas de Eustáquio e causando a sua acumulação no ouvido médio. No entanto, também podem ser causadas por alergias, constipações, excesso de muco, tabagismo, ou alterações na pressão atmosférica.

Tipos de otites:

Classificam-se de acordo com a zona do ouvido afetada, existindo três tipos: externa, média aguda e média com derrame.

O risco das piscinas!

Crianças que frequentam piscinas têm maior risco de otite, uma vez que os desinfetantes das águas podem afetar a mucosa nasal e o canal auditivo das crianças, bem como o ambiente húmido e as mudanças bruscas de temperatura.

É importante estar atento, uma vez que situações recorrentes de otites e a presença de líquido no ouvido podem afetar a audição da criança com possíveis consequências a nível da linguagem!

 

Prevenção de otite externa:

  • Mantenha os seus ouvidos secos: durante o banho evite que água ou champo entrem nos ouvidos e use uma touca de banho se optar por não lavar a cabeça;
  • Evite o uso de cotonetes ou de algodão para limpar os ouvidos;
  • Limpe cuidadosamente, com uma toalha seca, a orelha e a entrada do canal auditivo;
  • Use tampões macios e impermeáveis;
  • Para remover o cerúmen (cera nos ouvidos) em excesso utilize produtos específicos.
Voltar